Tire suas dúvidas

Refere-se a uma área de aproximadamente 1.010 hectares, próximo à entrada do Distrito de César de Souza, em Mogi das Cruzes (SP). Essa área pertence à antiga Fazenda Rodeio, que, no passado, destinava-se à atividade de silvicultura para abastecimento industrial. Por meio do Plano Urbanístico, cerca de 44% do terreno será preservado de forma perpétua, por meio da Reserva da Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Botujuru – Serra do Itapety. Outros 36% serão destinados a novas áreas verdes, de lazer e convivência, institucionais, servidões de passagem e sistema viário. E apenas nos 20% restantes serão desenvolvidos loteamentos destinados à implantação de empreendimentos para usos diversos (ex. residencial, comercial, serviços, etc.), executados em 13 fases, de forma paulatina e progressiva.

A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Botujuru – Serra do Itapety foi criada em caráter perpétuo para a conservação de 442 hectares de importante área florestal para o município de Mogi das Cruzes, a Serra do Itapety. O local faz divisa com o Parque Natural Municipal Francisco Affonso de Mello – Chiquinho Veríssimo. A RPPN foi reconhecida oficialmente pela Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo (SMA) por meio da Resolução nº 78 de 30 de setembro de 2014 e, no dia 4 de novembro de 2015, teve seu Plano de Manejo aprovado junto à Fundação Florestal/SMA, pela portaria FF/DE nº 184/2015. A criação da RPPN trará diversos benefícios ambientais, sociais e culturais para a Serra do Itapety e todo município de Mogi das Cruzes.
O Parque Linear do Ribeirão Botujuru tem como objetivo principal a preservação integral da várzea do Botujuru, garantindo a manutenção e a melhoria das características ambientais naturais, bem como a contemplação e o lazer da comunidade. O Parque será formado pelo trecho de várzea do rio Tietê (junto à foz do Ribeirão Botujuru) e pelo cinturão do Ribeirão Botujuru e sua respectiva faixa lindeira classificada como Área de Preservação Permanente (APP), que será associada a outras áreas verdes de determinadas etapas do empreendimento. O parque contempla a utilização plena pela comunidade que terá à disposição equipamentos de uso público, como ciclovias, pistas de caminhada, bancos, quiosques, sanitários públicos, área para lanchonetes, etc. A área do parque será doada ao poder público municipal de forma parcelada com a finalidade de compor o Parque Linear do Ribeirão Botujuru, a cada nova etapa aprovada do empreendimento.

A Etapa 1 é a primeira fase do Plano Urbanístico da Reserva da Serra do Itapety e corresponde a uma área total de 541.489,41 m², na margem esquerda do Ribeirão Botujuru, entre as Avenidas Francisco Rodrigues Filho e Pedro Romero. Contempla, entre outras ações, a implantação do Parque Linear do Ribeirão Botujuru e o desenvolvimento de lotes urbanizados destinados a empreendimentos residenciais e comerciais, áreas verdes, equipamentos de lazer, áreas institucionais e sistema viário conectado ao sistema viário municipal.

O Plano Urbanístico Reserva da Serra do Itapety coloca em prática importantes conceitos relacionados à sustentabilidade por meio de várias ações, que buscam causar um mínimo de impacto sobre o meio ambiente. Entre estas ações estão: o uso sustentável dos recursos hídricos; a implantação de um sistema próprio para coleta e tratamento de esgotos; um sistema viário conectado ao sistema viário municipal; a criação de corredores ecológicos; a criação de uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN); e a implantação de diversos programas ambientais, além do aproveitamento de água e da educação ambiental. O Plano Urbanístico Reserva da Serra do Itapety é um empreendimento com planejamento ordenado e sustentável que será uma referência para o município de Mogi das Cruzes (SP) nas próximas décadas.

O empreendimento se responsabiliza pela manutenção de Corredores Ecológicos de Fauna, interligando a Serra do Itapety ao Ribeirão Botujuru e a Área de Preservação Ambiental da Várzea do Rio Tietê. Também se compromete em executar o plano de Manejo da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Botujuru – Serra do Itapety, com a manutenção das espécies residentes. A RPPN, por sua área e importância, também será elemento vital na estratégia de conservação da biodiversidade.

A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Botujuru – Serra do Itapety foi uma iniciativa dos empreendedores.

Você pode fazer contato conosco e enviar o seu currículo, clicando aqui.

Você pode fazer contato conosco, por meio do 0800 076 7777 ou clicando aqui e enviando um e-mail.

Conheça mais sobre o Projeto

A Alden foi criada em 31 de março de 2011. Suas ações estão baseadas na experiência e na tradição de suas sócias: a Helbor Empreendimentos S.A., e a IPLF Holding, empresa controlada pelos mesmos acionistas da Suzano Holding.

Contato para a imprensa:
imprensa@alden-di.com.br

Fale conosco:
atendimento@alden-di.com.br

Alden Desenvolvimento Imobiliário Ltda. Todos os direitos reservados.